13 de agosto de 2020
Foto:
14/04/2020 08:22
Moysés Chama apresenta projeto pedindo suspensão de obrigações financeiras aos empréstimos consignados no período de 90 dias
Sessão Ordinária

Moysés Chama apresenta projeto pedindo suspensão de obrigações financeiras aos empréstimos consignados no período de 90 dias

Na noite de 13 de abril de 2020, a Câmara Municipal de Aparecida do Taboado, reuniu-se ordinariamente, ainda às portas fechadas para o público, sob a presidência do vereador José Rodrigues de Matos e contando com a presença dos demais parlamentares. Na ocasião foram apreciadas quatro indicações e um projeto de Lei do Legislativo.

O vereador Moysés Chama de Carvalho, apresentou o Projeto de Lei n.º 03/2020 – Legislativo, que “Dispõe sobre a suspensão do cumprimento de obrigações financeiras referentes aos empréstimos consignados contratados por servidores públicos municipais, no âmbito do Município de Aparecida do Taboado – MS, durante o período de 90 dias e dá outras providências”. O mesmo foi encaminhado às comissões permanentes para receberem os devidos pareceres.

Indicação n.º 22/2020 ao Prefeito Municipal, de autoria do vereador Alaor Bernardes da Silva Filho, solicitando gestões no sentido de que a Avenida Ajax Furquim, localizada no bairro Jardim Samara, receba a complementação da pavimentação asfáltica, por ocasião do asfaltamento do bairro Jardim Samara.

Indicação n.º 23/2020 ao Prefeito Municipal, de autoria do vereador Alaor Bernardes da Silva Filho, reivindicando a viabilização de recursos para que a Rua Mato Grosso do Sul, no trecho compreendido entre a Rua Princesa Carlota Joaquina e Avenida Orlando Mascarenhas Pereira, receba a complementação asfáltica.

Indicação n.º 24/2020 ao Prefeito Municipal, de autoria do vereador Andrey Magno Menezes dos Reis, reivindicando a limpeza/roçamento do canteiro central da Avenida Geraldo Rodrigues de Almeida, nesta cidade.

Indicação n.º 25/2020 ao Prefeito Municipal, de autoria do vereador Pastor Ronaldo Néris de Jesus, solicitando que estude a possibilidade de rever o Decreto Municipal, mais precisamente para a liberação e reabertura das igrejas para a prática de seus cultos presenciais, com a intensificação de medidas que visem às ações de limpeza e divulgação de informações acerca da COVID – 19 e as medidas de prevenção.

Texto/Fonte: