11 de dezembro de 2019
Foto:
27/11/2019 08:46
Pastor Ronaldo Néris tem requerimento reprovado
Sessão Ordinária

Pastor Ronaldo Néris tem requerimento reprovado

O edil Pastor Ronaldo Néris de Jesus, na sessão ordinária realizada dia 25 de novembro, apresentou Requerimento de Convocação ao Prefeito Municipal, ao Secretário Municipal de Obras, Serviços Urbanos e Apoio Viário, requerendo que se digne convocar para comparecer à Câmara Municipal de Aparecida do Taboado, em sessão ordinária, em data a ser acertada entre a Presidência da Câmara Municipal e o Chefe do Executivo, para primeiramente esclarecer o porquê da Alameda Azaleia, localizada no Residencial Tia Chica, não ter sido aberta e tampouco pavimentada, uma vez que consta no projeto original daquele loteamento; esclarecer ainda, a razão da Rua Said Mattar, trecho localizado no bairro Vila Rodrigues, não ter recebido a pavimentação asfáltica, tendo em vista que aludido trecho consta no projeto de asfaltamento; tratar sobre a execução de canaletas que foram executadas em cruzamentos de vias de nossa cidade, em razão do descontentamento por parte da população, que verificou erros de execução, a exemplo da profundidade e de ter sido feito em alguns casos em apenas uma das pistas, deixando a outra sem a melhoria. Em seguida tratar sobre a reforma do Terminal Rodoviário “Antônio Vicente de Queiroz”, esclarecendo o andamento do projeto sobre o que foi executado e o que resta. E por fim prestar esclarecimento sobre o andamento da reforma da Quadra Municipal “Floriscena Laurinda de Castro”, segundo o que consta no projeto.

Colocado em discussão, o vereador autor diz que o mesmo se faz necessário para que sejam dados esclarecimentos das referidas obras e reformas.

Já o vereador Andrey declarou que seria contra, pois a reforma do terminal Rodoviário começaria na quarta-feira, 27/11 e a quadra de Esportes Floriscena, já está sendo providenciado através da Secretaria de Educação o projeto para a reforma do prédio.

O vereador Marcelo Fagundes disse também que era contra pois tudo que o vereador Ronaldo está solicitando, todos já sabem o que está acontecendo, não precisando que o prefeito esteja na Câmara, “pois se tudo tiver que convocar o prefeito, é só trazer o gabinete dele para a Câmara. Tem convocação que já estamos careca de saber, e com isso viramos motivo de piadas”.

O Vereador Véião disse que, “quanto a Rua Said Mattar, consta no projeto que está asfaltada e não passou por lá o asfalto, a mesma coisa ocorreu na rua do Bairro Tia Chica”.

Já o edil José Natan declarou que neste requerimento existe um tema que é necessário convocação, como o caso da Quadra de Esportes Floriscena Laurinda de Castro, que até o momento não teve nenhum posicionamento.

Colocado em votação o mesmo foi reprovado por cinco votos contra (Andrey, Marcelo, Lolozinho, Zezão e Gilson) e quatro votos favoráveis (José Natan, Moysés Chama, Pastor Ronaldo e Véião).

Ao usar a palavra em explicação pessoal o vereador Pastor Ronaldo Néris disse que a questão do almoxarifado, “aquilo ali vai cair na cabeça de um cidadão e vai matar, peço ao prefeito que olhe neste sentido, pois está uma vergonha”.

O vereador comentou também sobre as emendas impositivas questão em andamento, não sendo mérito do prefeito e sim de sua autoria, com apoio dos colegas vereadores.

Em suas palavras direcionadas ao secretário municipal de administração Jary Augusto, disse que “não fiz parte de nenhuma administração, só dessa eleito pelo voto do povo, já o secretário, fez parte de diversas administrações anteriores. E como secretário de administração, olhe para o Cemitério, está uma lástima, porque será? Porque o secretário é ruim”.

“Quanto a Rádio Shekinak, presto um serviço voluntário, não sou dono dela e sim o povo, pois é uma associação”.

Comentou que o assunto IPAMAT avançou, pois o prefeito disse que pagará a dívida dia 30 de novembro e 10 de dezembro deste ano. “Tem que ser pago sim, para não colocar em perigo as finanças do Executivo. Só não aprovamos o parcelamento do IPAMAT porque o prefeito atrasa o pagamento e depois vem colocar a corda em nosso pescoço. Que ele pague e que não seja mais uma mentira de sua parte. Parabenizo os ex-prefeitos Djalma e André que iniciaram a regularização do IPAMAT”, disse.

“Quanto a insalubridade, que seja pago de todos os servidores e não só dos técnicos em saúde bucal”, finalizou.

Texto/Fonte: