20 de novembro de 2019
Foto:
11/07/2019 09:04
Prefeito Robinho comparece à Câmara e concede esclarecimento a respeito do Terminal Rodoviário
Sessão Ordinária

Prefeito Robinho comparece à Câmara e concede esclarecimento a respeito do Terminal Rodoviário

Através de convocação votada na Câmara Municipal de Aparecida do Taboado, de autoria do vereador Pastor Ronaldo Néris de Jesus, o prefeito José Robson Samara Rodrigues de Almeida, acompanhado dos assessores Jary Augusto da Silva, secretário de Administração, Dr. Rodrigo Oliveira da Silva, Procurador Jurídico e Engenheiro Igor dos Santos Vougado, secretário de Obras, esteve presente na sessão ordinária realizada no dia 8 de julho de 2019.

Concedida a palavra, o prefeito Robinho Samara, fez um amplo relato a respeito da construção daquele terminal rodoviário, declarando que ele, quando servidor do governo do Estado, no antigo DERSUL, hoje Agesul, ficou sabendo que estava sendo destinados 15 terminais rodoviários para o Estado, mas como servidor não poderia reivindicar, disse que trouxe a notícia ao senhor João Chama que na época era prefeito, e graças a esse grande administrador, hoje Aparecida do Taboado tem uma rodoviária. “Então, da inauguração da rodoviária até os dias de hoje, a mesma só passou por uma reforma na época do então prefeito Djalma Furquim”. Terminou declarando que a respeito do que será feito naquela localidade seria respondido pelos seus assessores.

Já o secretário de Administração Jary Augusto, declarou que este assunto rodoviária é um problema recorrente, que necessita fazer uma reforma bem feita que levará um recurso que nosso município não possui atualmente.

“Há quase 20 anos essa rodoviária necessita de reforma, desde que o prefeito era Dr. Vilson Melo. Já na administração do prefeito Djalma foi realizada uma reforma. Em 2009, os cuidados passaram para a APAE, em 2010 foi realizada uma pintura, sendo assim devolvido para a administração. Em 2015 e 2016 foram disparadas algumas licitações, havendo impugnações por parte das empresas que participaram do certame a qual foi revogada, havendo também empresas inabilitadas”, disse o secretário.

“O problema que está havendo lá é de ordem financeira. Houve falta de água por 20 dias, mas atualmente há água em todos os locais do Terminal. Não existe risco de desabamento devido as rachaduras, sendo atestado pelo engenheiro de carreira da prefeitura Percival Maia. Quanto aos banheiros, estavam sem utilização devido a falta de água. A respeito da falta de higiene não existe, pois sempre que falta funcionários para limpeza, a secretaria de Obras ajuda, enviando até caminhão pipa para jogar água e limpar. E finalizando, não constatamos acentos e bancos quebrados”, assegurou o secretário Jary.

O secretário de Obras engenheiro Igor Santos Vougado, comentou que o caso terminal rodoviário, a pedido do prefeito já foi iniciado o projeto para ser licitado, “mas como só temos um engenheiro na secretaria, está complicando o nosso trabalho. Está difícil trabalhar com poucos profissionais e ainda tivemos que parar o serviço, devido uma urgência na reforma da ponte do Córrego da Divisa, mas como já concluiu o serviço, voltaremos nossos esforços para o Terminal Rodoviário”, declarou o secretário.

Falando ainda, o secretário de Obras disse que “dia 23 de maio foi feito um laudo, onde a estrutura daquela localidade não está comprometida, o único problema é o recalque do solo, um problema não simples, mas que dá para ser resolvido. E quanto aos pombos, será resolvido também, inclusive com a troca de todas as calhas”, falou o engenheiro Igor.

Após os pronunciamentos do prefeito e assessores, os mesmos responderam algumas perguntas dos vereadores, entre elas, de quando será feita uma reforma completa e descente naquela localidade e sobre o valor a ser gasto.

Respondendo às perguntas dos senhores vereadores, o Executivo disse que fazem todos os trabalhos dentro da legalidade, e é por falta de recursos humanos que ainda não está pronto o projeto para iniciar a licitação.

Declararam que o prazo para entrega do Terminal Rodoviário reformado, não é coisa simples, tem que ser realizada uma planilha de custos que está em andamento, que a partir de 9 de julho o engenheiro Percival Maia pegará firme e dentro de alguns dias estará na administração para dar andamento à licitação.

Declararam ainda que o projeto da rodoviária será dado prioridade, e quanto aos recursos serão revistos algumas possibilidades, os quais serão alocados. Inclusive o prefeito Robinho disse que tem uma reunião na Caixa para rever algumas fontes de recursos e ver se podem aplicar neste projeto. “Dentro de 15 dias queremos soltar a licitação para reforma do Terminal Rodoviário”, finalizou o prefeito.

Texto/Fonte: