19 de maio de 2019
Foto:
20/03/2019 08:31
Pronunciamentos dos vereadores na 7.ª Sessão Ordinária
Sessão Ordinária

Pronunciamentos dos vereadores na 7.ª Sessão Ordinária

Pastor Ronaldo Néris - Iniciou sua fala fazendo um grande comentário a respeito da operação tapa buracos que foi e ainda está sendo feita nas ruas de Aparecida do Taboado. “Esta administração gastou a quantia de aproximadamente 7 milhões de reais, o que daria para recuperar todas as ruas da cidade. A população está cobrando com toda razão a recuperação das ruas. A recuperação é feita de qualquer jeito, de maneira leviana e grosseira, só jogam a massa sem fazer nenhum preparo nos buracos. O serviço é de quinta categoria, mas a nota faturada é de primeira. O que é lamentável é ver os tapa buracos rodar pelas enxurradas”, falou o vereador.

“Aqui na Câmara sempre pedimos para adquirir massa quente, mas o prefeito licita massa fria e o serviço continua sendo mal feito. Faz isso porque, se assim não fizer não tem jeito de fazer a fatura. Quanto as licitações é um rolo atrás do outro. E nós aqui não tivemos votos para cassar esse prefeito. É lamentável o vício de corrupção nesta administração”, comentou.

Parabenizou o vereador José Natan por reconhecer o trabalho dos desbravadores membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Aparecida do Taboado.

Continuou seu pronunciamento: “Falo de corrupção porque ouvi todos os pronunciamentos que a GAEGO fez. Se estou falando que tem esquema de notas é porque eu já vi. Quando eu falo que tem roubo é porque tem. Está tendo esquema e está nos contratos de terceirização. Deixou um lobo cuidar das ovelhas. Agora temos que escutar. Se aqui tivesse os 6 votos para cassar o prefeito, não estaríamos aqui ouvindo dos moradores o que estamos ouvindo. No gabinete tem um esquema de corrupção”, disse.

Concluiu dizendo que é vergonhoso o que o secretário de Saúde fez, pois os 200 mil reais do Deputado Dagoberto, ele disse que foi obra do senhor prefeito.

José Natan – Ao iniciar seu pronunciamento falou também a respeito da operação tapa buracos. “Semana passada foram feitas operações tapa buracos, nas ruas centrais da cidade, e hoje com a chuva que não foi tão grande assim, em menos de uma semana descolou todo o asfalto rodando pela enxurrada, principalmente na Rua José Bernardes da Silva, nas proximidades do Bar do Paraíba. São em torno de 1 milhão e duzentos mil reais de licitação, que estão indo pelo ralo”, falou o vereador.

“Acreditei na administração, quis acreditar, mas até onde deu, pois não podemos deixar que isso aconteça nas ruas da nossa cidade, senhor secretário de Obras, cobre de quem está realizando este serviço”, falou.

Comentou sobre a Indicação n.º 28/2019, de sua autoria solicitando a recuperação da canaleta no encontro da Rua Altino Pedrosa com a Avenida Presidente Vargas, localizada no Residencial Eldorado, bem como da ciclovia que passa naquele trecho, pois o mato está tomando conta.

Encerrou parabenizando os organizados da competição de ciclismo, segundo pedal, que ocorreu no último final de semana, promovido pela Conveniência Brasil e Cia.

Moysés Chama – Enfatizou a respeito da operação tapa buracos. “Estamos entrando com requerimento eu e meus colegas, pedindo à empresa que está realizando o serviço que nos responda quem vai arcar com as despesas, após rodar toda a massa do tapa buracos”.

Comentou sobre o desabafo da moradora Mariele Borges do Jardim Felix, em post do jornalista na Rádio, quanto a limpeza de terrenos baldios. “A moradora está certa em cobrar, mas as pessoas precisam entender o papel do vereador. Pois providências, implorar, pedir, nós estamos falando. Isso é competência do prefeito, ele pode, mas não é obrigado. As providências da Câmara estamos tomando, mas as do prefeito, são responsabilidade dele. Outra coisa, é que não se cumpre o Código de Postura”, falou.

Sobre o Segundo Pedal que foi realizado, sou um dos incentivadores e já que o Executivo não faz, a sociedade está fazendo. Parabéns a todos os organizadores.

Véião – Começou falando a respeito da fala da moradora Mariele Borges que os chamaram de parasitas. “Aqui tem um projeto que está entrando para as comissões, onde a prefeitura poderá limpar os terremos baldios e cobrar no IPTU. Quando foi para votar o projeto de 14 milhões para asfaltar o Felix eu votei. Não me considero um parasita, pois o que posso fazer nesta Casa de Leis eu faço. Espero que a partir do projeto os moradores sentindo no bolso, possam limpar seus terrenos”, disse.

“O tapa buraco que a chuva levou hoje. Errar uma vez é humano, mas errar 6 anos e 3 meses e desumano. Usar massa fria é um erro. Se tivesse feito reperfilamento não teria mais buracos. HOJE, disse na rede social que se fizesse a metade e bem feito seria melhor. Estou com dó da população nestes próximos 1 ano e 9 meses”, comentou.

“Nós não temos poder para parar a obras quando está sendo mal feita. O prefeito não ouve, nunca ouviu e não ouvirá, massa fria senhor Prefeito é jogar dinheiro fora”.

“Quanto a licitação das canaletas tem 2 anos, o buraco do semáforo já foi tapado 15 vezes e está do mesmo jeito. Eu já não gasto papel para indicação, pois não adianta pedir. Foram feitas 2 canaletas em 2 anos e 3 meses e a cidade está precisando de mais de 80”, falou.

“A respeito das Galerias de Águas Pluviais, é um valor alto, mas se juntarmos os 9 vereadores e o prefeito, e pedir aos deputados e senadores as emendas, conseguiremos, mas isto é um sonho. Mais de 20 anos passando prefeitos e nenhum tomou providências quanto a isso e o povo é quem sofre”, falou o vereador.

“Existe um bairro de quatro quarteirões, como o Souza Bueno que os moradores pagam IPTU e demais impostos, e benefícios não recebem de jeito nenhum. Peço ao presidente Zezão do PT que faça nossa voz através das rádios chegar aos bairros”, disse.

“Fiquei contrariado com o prefeito, em não ter chamado a Casa de Leis para a entrega do Aparelho de Endoscopia, sendo um pedido meu. Sendo emenda impositiva desta Casa. Será que ele está com birra, porque agora é lei e ele tem que cumprir?”.

Encerrou dizendo que gostaria de saber quais obras foram feitas com recursos do município, a não ser a operação tapa buracos? Relembrou diversas obras que foram realizadas com recursos próprios, na administração anterior na qual ele foi vereador.

Andrey dos Reis – Iniciou parabenizando o colega José Natan pelo projeto e aos Desbravadores pelo seu dia.

Comentou sobre a Indicação n.º 27/2019, de sua autoria, reivindicando gestões no sentido de realizar um leilão das sucatas, a exemplo dos veículos e maquinários pertencentes à Municipalidade de Aparecida do Taboado e que estão ocupando pátios públicos, com a finalidade de angariar recursos para contribuir com a reforma da Quadra Municipal Floriscena Laurinda de Castro.

“São 173 mil reais de emendas impositivas para a reforma da Quadra, mas acho que esses recursos não dará, então peço que façam leilão das sucatas para entrar na reforma e devolvê-la à nossa comunidade”, disse o vereador.

Disse que recebeu ligação do secretário de Obras Igor, e o mesmo o atenderá uma solicitação de sua autoria, que é a colocação de cabines em pontos de ônibus de nossa cidade.

Comentou sobre a enxurrada na Praça Três Marias, “fico muito triste quando começa chover. Que os nossos deputados possam nos ajudar com emendas para melhorar a situação dos moradores daquela localidade”.

Falou ainda sobre a necessidade de reforma da ponte rodoferroviária. Pediu aos vereadores de Santa Fé do Sul e demais cidades da região paulista que nos ajude nesta reivindicação aos deputados federais.

Zezão do PT – Cumprimentou todos os desbravadores pela presença. Parabenizou a todos pelos trabalhos realizados.

Parabenizou o prefeito que chamou novamente os professores de Educação Física para trabalhar com as crianças de nossa cidade no setor de esporte.

Comentou sobre o trabalho que o Neguinho está fazendo nas estradas rurais, atendendo nossa Câmara.

A respeito da operação tapa buracos. Disse que “a Avenida Presidente Vargas era um buraco só e a união dos vereadores, o governador atendeu e recapeou totalmente a Avenida. Se cada prefeito asfaltasse um bairro por ano nossa cidade estava totalmente asfaltada. Lembrou que foram asfaltados o Jardim Aeroporto, Cidade Nova, agora vai asfaltar os Jardim Felix e Samara totalmente.

“Não podemos ficar aqui falando que prefeito está roubando. Não podemos ficar aqui brigando, temos que nos unir em prol de melhorias. Pedi para meu partido uma creche, demorou, mas está aí. Buscamos universidade e ela está aí, bolsa universitária para nossos filhos. Podemos criticar mas falar que estão roubando é errado, pois todos prefeitos que passaram por aqui taparam buracos. Que tape buracos mas que faça o reperfilamento”, encerrou.

Lolozinho Bernardes – A respeito dos terrenos baldios e sujos que estão na nossa cidade, sou favorável ao projeto do vereador Véião para que a administração limpe e coloque os custos do serviço no IPTU. Que o Código de Postura seja também colocado em andamento.

Parabenizou os organizadores do segundo pedal, Conveniência Brasil e Cia. Parabenizou o Osvaldo, sua família e aos ciclistas aparecidenses.

“Se a massa quente está rodando o que se diz da massa fria. Não pode lançar a massa em cima de buraco que não foi cortado e socado. A chuva foi de 60 milímetros, então tem que ser bem feito, pois senão é dinheiro jogado fora”, falou.

“Quanto a operação tapa buracos no Anel Viário, falei com o Vâino de Paranaíba, disse que fará o serviço em breve. Conversei com ele em nome do Poder Legislativo”, disse.

Comentou sobre a necessidade de reforma da Ponte Rodoferroviária e parabenizou pela criação do Dia dos Desbravadores. “Um trabalho de grande valia que essa juventude vem realizando”.

Gilson da Cohab – Fez um amplo comentário a respeito do Emissário Final de Esgoto. “Não estamos loucos de achar que vão jogar o esgoto direto sem tratamento no Rio Paraná. É lamentável saber que tem pessoas no meio querendo fazer política a este respeito. No estado de São Paulo eles jogam no Rio Paraná mas é tratado. Aqui precisamos fiscalizar e exigir da Sanesul que façam o tratamento antes de jogar. Pois no Estado de São Paulo todos jogam”, falou.

“Quanto a ponte se estivesse pedágio você saberia quem iria receber e cuidar da mesma”.

“Precisamos exigir do prefeito que faça um serviço bem feito quanto a operação tapa buracos. Vá em ruas que tem a drenagem que o asfalto está bom, mas precisam fazer este serviço para manter o asfalto. Se continuar fazendo o tapa buracos sem infraestrutura vai embora na enxurrada. Mesmo a massa quente não aguentará. O prefeito pode estar fazendo um trabalho errado, mas roubar, senhor Ronaldo Néris, tem que medir as palavras, extrapolando na maneira de falar. Atrás de um prefeito tem um filho, a esposa, a mãe, um irmão. Quando vamos falar essa palavra tem que ter prova”, finalizou.

Marcelo Fagundes - Disse “que Santa Fé do Sul despeja esgoto no Rio Paraná, se não queremos que jogue de cá, que também não jogue de lá, pois há filmagens que parecem que o de lá não é tratado”.

“Mas recebi a resposta que Santa Fé tem duas estação de tratamento, sendo 100% tratado, garantindo por um vereador de lá. Temos que cuidar do lado de cá, somos vereadores daqui”, falou.

A respeito dos terrenos baldios, disse ao colega Véião que é favorável ao projeto de que seja feita a limpeza dos terrenos e cobrado no IPTU. “Espero que o prefeito não vete esse projeto. A prefeitura tem que limpar os terrenos da prefeitura também. Essa moradora Mariele cobrou, mas foi infeliz, pois não é dever nosso de limpar e brigar com moradores. Ficamos tristes de ver morador usando as redes sociais e nos chamando de parasitas”, falou.

A respeito dos tapa buracos, “com 5 milhões monta uma usina completa para realizar a operação tapa buracos. Pegará 15 milhões para asfaltar dois bairros e não tem coragem de pegar 5 milhões para esta usina, sendo que já gastou mais de 7 milhões em tapa buracos”, disse o parlamentar.

Texto/Fonte: