21 de maio de 2022
Foto:
15/12/2021 09:17
Moysés Chama diz que respeitará os técnicos quanto a reforma da previdência
Sessão Ordinária

Moysés Chama diz que respeitará os técnicos quanto a reforma da previdência

Em sua fala, o parlamentar Moysés Chama fez umas observações a respeito da importância da informação, “pois recebi algumas mensagens me perguntando se votaremos contra os aposentados e funcionários. Hoje conversando com uma servidora ela me disse que é necessário esses reajustes pois se assim não acontecer não terão como aposentar”, enfatizou.

“Continuo com o meu pensamento e com minha coerência nos votos. Não estou aqui para votar com emoção e com o coração, estou aqui para votar ouvindo os técnicos e todos falam a mesma língua. Conversando com a Diretora do IPAMAT, ela disse que se nós não fizermos da forma em que está proposto, não baixará esse déficit atuarial. Conversando com o Igor, é o mesmo discurso. Eu respeito, talvez minha fala possa ter sido excedida, com emoção. Mas venho aqui dizer que continuo com o mesmo pensamento e tenho certeza que num futuro bem próximo, talvez em 2 anos começaremos baixar a dívida, aí os aposentados vão receber a notícia da diretora do IPAMAT e do prefeito, que não terão mais que se preocupar com a sua aposentadoria, que não será extinto o IPAMAT e que não irão para regime geral, mas continuarão sim com o regime próprio. E no final todos vão entender. O remédio é amargo, mas prefiro tomar esse remédio amargo e ficar no regime próprio, do que ir para o geral. Esses 3% que está aumentando de 11 para 14%, os técnicos estão certos e continuarei com a minha votação”, comentou o vereador.

Texto/Fonte: