02 de julho de 2022
Foto:
18/04/2022 11:11
Vereador Marcinho da Saúde falou sobre os projetos de leis votados em regime de urgência
Sessão Ordinária

Marcinho da Saúde, iniciou seu pronunciamento falando sobre os projetos de leis votados em regime de urgência, “dá para contar nos dedos os projetos de leis que passaram pelas comissões permanentes”.

“Quanto a agência transfusional a resposta foi hipócrita, pois diz que não tem recursos para custeio, mas para reorganização dos cargos comissionados aí tem recursos, e agora não consegue tocar o PETI, depois de 2 anos fechado praticamente”, disse o parlamentar.

“A respeito do projeto em regime de urgência para pagar show para o Taboadão 2022, que irá beneficiar a população, com os portões abertos, eu sou favorável. Nós estamos vindo de uma pandemia, temos que tomar cuidado, mas temos o direito a diversão”, falou o vereador.

“Mais uma vez, tem dinheiro para o show, mas não tem recursos para a agência transfusional, e também para custear a UTI,  além de não ter dinheiro para cesta básica. Precisamos refletir”, finalizou.

Texto/Fonte: