19 de agosto de 2022
Foto:
19/06/2019 09:05
Vereador Moysés Chama faz solicitação referente a doação de leite
Sessão Ordinária

Vereador Moysés Chama faz solicitação referente a doação de leite

O Vereador Moysés Chama de Carvalho apresentou na sessão ordinária do dia 17 de junho de 2019, requerimento n.º 15/2019, ao Prefeito Robinho Samara, com cópia à secretária de Assistência Social Lucilene Tábuas Carrasco, requerendo que forneça a esta Casa de Leis, as seguintes informações: a listagem das famílias cadastradas no Fundo de Investimento Social – FIS, que recebem a doação de leite, como os respectivos endereços; a planilha de doação contendo a data e a quantidade de leite doado a cada família no ano de 2018 até a presente data; fornecimento de cópia dos comprovantes de entrega do leite pela empresa responsável junto ao Centro de Referência de Assistência Social – CRAS deste Município.

Colocado em discussão, o vereador autor disse que já recebeu parte de informações da entrega de leite em 2018, e em 2019 parte das crianças não estão recebendo leite, tendo sido cortadas, “já recebi algumas informações e para que saibamos qual família recebia e porque foi cortada necessitamos das referidas informações”.

Comentou ainda sobre os recebimentos da antiga empresa que fornecia o leite, empresa esta, da senhora Mara, irmã do prefeito. “A eficiência para receber era de uma rapidez extraordinária e a nova empresa não está recebendo da mesma maneira. Ela empenhava passava dois ou três dias e já recebia em 2018, e para esclarecer faltam somente as solicitações acima citadas”, declarou.

O vereador Pastor Ronaldo Néris disse que espera que eles não venham dizer que não possuem a documentação, pois para fornecer o leite era uma exigência medonha. “Cortaram 70% das crianças que eram beneficiadas. Para cortar leite de criança são bons, mas para cortar o leite dos marmanjos aí não cortam”, finalizou. Colocado em votação foi aprovado por unanimidade.

O vereador Moysés reivindicou ao prefeito municipal, através da Indicação n.º 75/2019, a construção de lombada elevada devidamente sinalizada na Rua Antônio Leandro de Menezes, defronte à Escola Recanto Objetivo. Indicou ainda, a colocação de placas indicativas proibindo parar em fila dupla enfrente a referida Escola e nas demais escolas do município.

Usando a palavra disse que foi convidado pela professora Josy do 4º ano da escola Recanto Objetivo para ministrar uma pequena palestra de qual é a verdadeira função do vereador e houve também, além das perguntas, uma reivindicação para que construísse uma lombada elevada sinalizada na frente da escola na Rua Antônio Leandro de Menezes, com colocação de placas indicativas. “Disse aos alunos que na maioria das vezes não conseguimos fazer com que o prefeito atenda”, declarou.

Disse que recebeu um ofício da servidora Claudete Alves de Souza, coordenadora educacional de trânsito de Aparecida do Taboado, sendo observadora certificada do Observatório Nacional de Segurança Viária, sendo também a representante estadual, pois haverá um encontro do Observatório Nacional de Segurança Viária, “Destaques Maio Amarelo 2019”, que haverá em Natal –RN. Disse que falou com o prefeito e ele negou o pedido dela para estar participando do evento. Mas de acordo com a Resolução 638, os recursos arrecadados no município (hoje no valor de 40 mil reais) devem ser utilizado em ações voltadas para a segurança no trânsito, inclusive com transporte, hospedagem, alimentação para a participação de eventos ligados ao assunto.

“Peço aos colegas para que assinem esse ofício. Algumas pessoas só poderão entender o quanto é bom esse trabalho, quando ocorrer algo com a família ou com a própria pessoa. Ela disse que se o prefeito não enviá-la para representar o município e o estado ela irá com recursos próprios, e isso não é justo”, finalizou.

Texto/Fonte: